25 de julho de 2017

A minha mala de viagem

Já há algum tempo que pensava que tinha que fazer ou comprar algo que marcasse o fim da minha licenciatura. Entre muitas coisas que me passaram pela cabeça, e entre alguns planos para viajar, percebi que não podia continuar sem ter uma mala de viagem só minha. Como estava a acabar o curso em turismo, nada mais proveitoso: comprar a minha primeira mala de viagem.

No dia em que defendi o meu projeto final, e como soube que tinha passado e, assim, concluído o curso, fui com o meu namorado e com o meu melhor amigo comprar uma que andava a namorar. Sabem, para mim há várias coisas que dizem muito sobre a pessoa e a mala de viagem é uma delas.

Vi no site Spartoo e encontrei algumas baratas, mas nenhuma me enchia as medidas como uma que tinha visto anteriormente num “passeio” pelo Norte Shopping. Fui procurar lojas que vendessem malas de viagens no site, porque não sabia onde tinha visto, e encontrei algumas. Fui ver os sites, e um dos últimos que vi foi o site da loja Paco Martinez e quando vi as malas de cabine, encontrei a que me tinha conquistado da última vez que passei pela loja.


Na altura já tinha ficado sem saber para qual olhar, mas quando as vi no site percebi que estava mesmo indecisa entre a dourada e a rosa. Como não podia ter as duas, óbvio, quando cheguei à loja para comprar, a que chamava menos a atenção (ainda que chame alguma, e isso é o único ponto que desgosto) era a dourada. Também tive que ter em conta que a rosa podia deixar-me farta mais rápido.


Trouxe então a dourada, e não me canso de achar que esta mala é linda, tem um espaço e uma organização fantásticos, ainda vi outras malas, mas o fator de desempate foi mesmo a organização por dentro da mala, esta tem imensos fechos, imensos compartimentos, tudo o que precisamos e nem sabíamos que precisávamos.

Como a mala de cabine é diferente da mala de porão, decidi investir mais nesta porque o tratamento só depende de mim. Apesar de haverem bem mais baratas, não achei que a relação preço-qualidade fosse má.

Espero poder dar-lhe mais uso brevemente e que possa partilhar tudo com vocês. Eu adoro ver posts de viagens, principalmente os da amarelinha da Ju e da mala rosa da Inês e agora estas, que já são conhecidas na blogosfera, já têm uma nova amiga.

19 de julho de 2017

Mini Haul Maquillalia


Foi a primeira vez que fiz uma encomenda nestes sites e depois de procurar vários produtos na Maquillalia e na Primor, optei por fazer a compra na Maquillalia. Ouvi falar melhor deste site, dos serviços e dos preços (coisa que também pude comprovar em alguns produtos).

Só encomendei 6 produtos, mas na realidade, 5 deles foram para conseguir chegar aos 20€ para não ter que pagar os portes, ainda que quisesse realmente todos, só um deles foi o motivo da minha compra. Veio ainda um miminho: marmelada de frutos vermelhos.

14 de julho de 2017

O meu (per)curso na faculdade


Fiz uma licenciatura em Turismo e Gestão de Empresas na Lusófona do Porto, entrei em 2014 e acabei em 2017. Eu acho que já contei aqui que não foi a minha primeira opção, queria Psicologia e corri imensas universidades para encontrar o que mais me agradava, em termos de propinas e de cadeiras. Tive que ir para uma universidade privada porque não tinha média para Psicologia no Porto e para a minha família era mais cómodo pagar a universidade (sem ainda saber se podia “ganhar” bolsa) do que uma casa fora da minha cidade.

1 de julho de 2017

FAVORITOS DE JUNHO


Estes favoritos vão ser realmente mais pequeninos porque não tive tempo de "viver a vida" este mês.
Não preciso sequer dividir por categorias porque são realmente poucas coisas, entre elas:


Vestido Primark. Tive uma comunhão este mês e tinha que arranjar um vestido à última da hora. Fui à primark e não podia ter encontrado melhor. Super giro, super fresquinho (mas adaptável, porque as mangas podem-se esticar), super ar de verão! Fica realmente muito giro no corpo e foram apenas 16€.


Calças. Já há algum tempo que queria umas calças deste género. Antes da comunhão, a minha mãe quis ir passear pela feira de Gondomar, para vermos se encontravamos alguma coisa de jeito. Ninguém trouxe nada para a comunhão, mas eu trouxe estas calças comigo. Ficam bem com tudo, são super leves e frescas, posso usá-las num dia terrível de calor que não me vou queixar um pouco que seja. Custaram 5€ e a avó do Hugo disse que já as encontrou a 3€!
© Traffic in the Sky. Design by Fearne.