6 de março de 2017

5 coisas que gosto em mim (GC 010)


Embora seja algo difícil de pensar, foi mesmo por isso que comecei este desafio: para me desafiar a mim mesma, para além de me sentir e ser mais grata por tudo.

A minha empatia

O facto de ficar triste por tudo o que faz os outros ficarem tristes, o facto de sentir compaixão por todos e de me preocupar genuinamente se alguém está bem ou mal. Tento sempre colocar-me no lugar do outro, seja em que circunstância for, é sempre algo que não me esqueço, e o facto de o fazer por vezes faz-me sofrer um pouco pelo outro, ou até me faz ficar feliz.

A minha vontade de fazer tudo por todos

Um pouco ligada à anterior, e às vezes nada ligada, mas quando sei de um problema de alguém já me imagino a viajar o mundo para ajudar a pessoa; ou até quando não é um problema, mas sei que deixaria a pessoa feliz, já tenho vontade de fazer impossíveis para concretizar as minhas ideias. Por isso é que às vezes penso como seria se eu ganhasse o euromilhões e fico com medo...

A minha dedicação

O tempo que invisto, ou até a força, ou a criatividade que deixo estar em algo que eu fiz; a organização que faço para que tudo corra ainda melhor, o esforço e as coisas que tiro para concretizar alguma coisa. Para além de coisas, a dedicação às pessoas. Faço de tudo uma plantinha que tenho que regar todos os dias, e ter toda uma série de cuidados. Gosto muito disso em mim, e espero nunca perder.

O meu cabelo

Passando à parte física: o meu cabelo não é liso nem encaracolado, é ondulado. Já foi pequeno, já foi enorme, agora está médio a pender para o grande. A única coisa que me chateia nele é o tempo que gasto, tanto no banho, como no pós banho, como a pentear, como quando quero fazer algo com ele. De resto, raramente tenho problemas com pontas, com cabelo demasiado fino ou demasiado grosso... Gosto muito dele.

Os meus olhos

Olhos: o que reparo primeiro em toda a gente. Aquela famosa citação do filme "Scarface", para mim, faz todo o sentido: The eyes Chico, they never lie. É onde se vê tudo o que precisamos. E o que mais gosto em mim fisicamente são os meus olhos, pelo seu formato, por não serem muito pequenos nem muito grandes, por serem médios. Por serem expressivos. Para mim, olhos bonitos não são olhos claros, até pelo contrário, sempre gostei mais de castanhos ou até de quase pretos, e também existem certos formatos que me fazem exclamar "bem, mas que olhos bonitos!!!". Tive a sorte de ter um formato de olhos que realmente me agrada e que me vem sempre à cabeça quando penso no que tenho de bom.

10 comentários

  1. Todos os dias devíamos olhar para nós mesmos e pensar naquilo que mais gostamos em nós mesmo!
    Boa semana, beijinho, Ana Rita*

    ResponderEliminar
  2. És linda, Daniela! E isso está bem demonstrado aqui :)

    ResponderEliminar
  3. Eu adoro o teu cabelo é tão bonito!

    ResponderEliminar
  4. Podia ter sido eu a escrever isto. Temos tanta coisa em comum =)

    ResponderEliminar
  5. É tão quando gostamos assim de nós! É tão importante fazermos este tipo de análise, de vez em quando (:

    ResponderEliminar
  6. isto é um exercício incrível que todos devíamos fazer :)

    ResponderEliminar
  7. É tão saberes-te auto-valorizar, deviamos fazer isto regularmente e darmos valor ao que temos e apreciar-nos mais vezes

    ResponderEliminar
  8. Tão bom reconhecers tudo isso! :D A gratidão é algo que devíamos praticar mais na nossa vida.

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. É tão bom reconhecermos o que temos de bom e gostarmos de nós. :) Beijinhos!

    ResponderEliminar
  10. É de mim ou voltaste a mudar ligeiramente o teu cantinho? Está muito fofinho, still! Cada vez mais simples, mas sempre muito tu :)
    Sim, tu tens uma empatia enorme, gosto imenso disso em ti, sempre que desabafo contigo, sinto logo que não estou sozinha e que o mundo se tornou mais bonito!
    Como tu, também tenho essa vontade dentro de mim, fico tão mal por ver o outro triste, ou tão animada por ver o próximo vingar na vida que a vontade de os apoiar ali com tudo é gigante... mas isso é tão bom Dani, é viver desfocadas de nós. Significa que não somos egoístas nem nada do género :)
    Cada vez mais me apercebo como és dedicada e preocupada e isso é algo que aprecio imenso em ti, vou pedir muito para que nunca percas essa característica, pois vai levar-te muito longe, tenho a certeza!!!
    Tens um cabelo lindíssimo, sem dúvida, gostava que o meu fosse mais assim eheh
    Que engraçadooooo, os meus olhos também são castanhos muito escuros, a tender para o preto, e são das partes do meu corpo que mais gosto. Não deixam de ser expressivos e dizem imenso com a minha (tua) personalidade!

    ResponderEliminar

© Traffic in the Sky. Design by Fearne.