14 de julho de 2016

TAG • Universidade

Começam agora todas as dores de cabeça sobre a universidade para aqueles que receberam as notas dos exames e optam por seguir estudos. Decidi então responder a esta tag que há muito estava pensada e dizer que estou disponível para responder a qualquer dúvida que tenham (não tenham vergonha!), seja da faculdade no geral, da minha em específico, de cursos, do meu curso, ou até mesmo aconselhar-vos se ainda estiverem com problemas. Podem fazê-lo nos comentários ou mandarem um e-mail caso não queiram expor as vossas dúvidas.


Quando é que ingressaste na Universidade?
Entrei em Setembro de 2014.

Em que Curso e Universidade estás/estiveste?
Estou em Turismo e Gestão de Empresas Turísticas, na Universidade Lusófona do Porto.

Sempre soubeste o que querias seguir, ou foi uma escolha de última hora?
Eu sempre quis seguir Psicologia e mais ou menos no fim do 11º, início do 12º fiquei indecisa entre Psicologia e Turismo pois desde pequena ouvia a minha mãe a dizer que queria ser hospedeira e também me deixou a sonhar com isso. Cheguei a candidatar-me a Psicologia na ULP e embora adore por tudo esta área, acho que são 5 (ou mais) anos para deitar fora, pois não me imaginava a ser psicóloga, mas sim a querer estudar e saber mais desta área. Então, depois de me candidatar a Psicologia, instintivamente, pedi o panfleto de Turismo e decidi arriscar. Preenchi uma nova candidatura e pronto. Não sei se posso dizer que foi escolha de última hora, mas não foi “desde sempre” que sabia que queria.

Porque é que escolheste o curso em que estás agora/estiveste, com que objetivos?
Escolhi Turismo pela diversidade de saídas, principalmente Turismo e Gestão pois posso optar por uma das duas vertentes. Turismo é uma área fantástica que me dá a oportunidade de conhecer novos países e culturas. Foi exatamente com esse objetivo que pus esta área em questão. E quanto a gestão, o gosto foi-se desenvolvendo ao longo do tempo que estudava isto.

O que achas da tua Universidade? Pontos positivos e pontos negativos?
Mal entrei na minha universidade achei que era um mundinho tão pequenino e estranhei. Mas mais tarde percebi que há 482904958 salas e que ainda hoje me perco nelas.
Pontos positivos: As pessoas. As relações. O interesse que a faculdade nos dá. As oportunidades que se criam. As amizades que se levam. A interação com os professores. É no centro do Porto.
Pontos negativos: as pessoas também. A responsabilidade. Poucas cadeiras práticas no meu curso. Aulas mais longas. Maior tempo de estudo. E, se tiverem carro, não ter um parque de estacionamento livre ao lado da faculdade destinado aos alunos (mas acabam por haver vários sítios gratuitos para estacionar).

No geral, como tem sido/foi a tua experiência?
Até agora tem sido boa. Tenho gostado de tudo, do curso, dos professores, dos colegas… não houve uma vez que tivesse dito “quem me dera não ter continuado os estudos”.

Em relação às praxes, foste praxada? O que achaste dessa experiência?
Fui praxada, adorei e aconselho toda a gente a experimentar primeiro. Falei de tudo aqui.

Qual a diferença entre a Escola Secundária e a Universidade para ti?
A diferença é bastante. A começar nos professores que podem ter uma cadeira por semestre contigo e ainda não sabem o teu nome. Não somos “premiados” por não faltarmos nem por apontarmos tudo e participarmos bem. Temos mais tempo de aulas e precisamos de mais tempo dedicado à faculdade em casa. Não temos Ed. Física (faz mesmo muita diferença!). Se tirarmos menos que 10 estamos reprovados e não há o “no próximo período vou subir”. A diferença é realmente muita.

Achas a Universidade uma mais valia para quem quer seguir e ter o emprego desejado?
Acho que há áreas que ninguém consegue ter emprego sem uma licenciatura ou mestrado, mas também sei que há empregos que pedem apenas o 12º e que podem levar a pessoa para outros níveis. É uma questão de sorte porque hoje em dia valorizam imenso o percurso no ensino superior.

Achas a experiência de estudar fora da tua cidade importante?
Eu estou na minha cidade, mas devido às médias altas tanto para Psicologia como para Turismo, cheguei a pôr em causa ir estudar para Bragança ou Algarve, a minha família não achou muita piada e preferiu optar por pagar uma privada do que casa e despesas fora do meu conforto. Claro que adorava a ideia pois acho que a pessoa cresce muito mais que alguém que estuda perto de casa pois torna-se mais responsável, mais independente e aprende bastante sobre a vida, seja com erros próprios ou de outros.

Como são os relacionamentos entre amigos na Universidade?
Há de tudo. Não difere muito do secundário. Há amizades que se notam a léguas que são menos verdadeiras e mais pelo jeito que dão e há aquelas que provavelmente vão cumprir o “amigos de faculdade são para a vida”. Tenho pessoas que falam comigo e eu sei que é mais por interesse, e tenho um grupo de amigos que vão provando desde o 1º ano que são mesmo amigos. Para além disto, acho que é importante dizer que nem todas as amizades que se criam no inicio são as que se vão manter até ao fim. São coisas que mudam e como estamos numa área mais específica que o secundário, temos pessoas mais parecidas connosco, tanto a nível de interesses como de personalidades, o que ajuda bastante nisto.

A Universidade mudou-te como pessoa?
Cresci imenso, aprendi que se quero ser alguém tenho que lutar por isso. Dei valor à união. Dei valor a momentos de descanso. Aprendi a ser organizada, minimalista, a estudar e a ter gosto em fazê-lo e conheci coisas em mim que nunca tinha reparado.

Que lema/lição levas desta etapa da tua vida?
Ter objetivos de vida que nem sempre são fáceis não quer dizer que os mesmos sejam impossíveis.

O que aconselhas aos estudantes que vão entrar para a Universidade?
Dediquem-se logo logo logo no início. Não se esqueçam das obrigações, mas aproveitem tudo o que têm direito. Sintam-se motivados a estudar, estudem desde o início, tirem muitos apontamentos e boa sorte!

8 comentários

  1. Posso responder à tag? Achei super interessante :) gostei imenso de ler as respostas, acho a partilha bastante importante!

    ResponderEliminar
  2. eu queria psicologia, mas tento tantas indecisões que nem sei!

    ResponderEliminar
  3. Gostei imenso de ler as tuas respostas e de saber que te interessas por Psicologia. De facto o curso é de 5 anos (apesar de, na maioria das universidades, não ter mestrado integrado) e se não era exatamente o que querias para o teu futuro acho que fizeste bem em optar por turismo! Se quiseres algum tipo de informações ou artigos de psicologia apenas por curiosidade, podes pedir-me que tudo o que te possa facultar, dou-te sem problema nenhum! :)

    Beijinhos, Dalila ♡ | The Lost Louboutin Blog | GIVEAWAY A DECORRER ❤ |

    ResponderEliminar
  4. Gostei imenso de ler as tuas respostas!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. achei a tag mesmo interessante para quem vai agora para a universidade :)

    ResponderEliminar
  6. Super interessante a tag :)
    Passe pelo meu blog, www.kiza.pt

    ResponderEliminar
  7. Olá, estou a tentar divulgar o meu blog porque simplesmente não há outra forma de o fazer. Muitos me conhecem por antigos blogs que aqui tive, portanto se puderem me seguir e quem sabe até gostar do que eu escrevo, agradeço imenso <3
    http://lino-miichiyo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Também achei a universidade pequenina mas com o tempo percebi que é muito maior do que o que parece. :)

    ResponderEliminar

© Traffic in the Sky. Design by Fearne.