29 de março de 2016

Appreciation Post

Fizemos 1 ano e meio e eu continuo a pensar no que posso fazer para te agradecer por todas as coisas que fizeste por mim durante esse tempo.
Com tantos objetivos e metas que eu tenho, a que me deixa mais determinada a conseguir atingir é a de viver contigo, de criar o nosso lar, o nosso mundinho, de me poder deitar e acordar todos os dias do teu lado sem me preocupar com o tempo que temos para o que quer que seja. Ter um cão, uma quantidade indeterminada de loiça preta e cinzenta, de copos bonitos, de canecas inspiradoras e de pequenos almoços feitos com todo o amor do mundo. 

Vou fazer por passar toda aquela magia dos filmes ou dos catálogos do ikea, para a nossa cozinha, para a nossa sala, as casas de banho, e principalmente para o quarto. Espero que tenhamos um terraçozinho com plantinhas porque vou fazer figas para que cresça um Groot na nossa casa. 
Obrigada por, desde sempre, teres acreditado em nós e obrigada também por teres lutado sempre por isso. Porque tivemos o que sempre quiseste e criamos algo ainda melhor. 
Obrigada por tantas noites a rir um do outro, ou um para o outro, a ver séries, a comer torradas, a ouvir a chuva e a fazer miminhos com os pés que no final não passam de tentativas de estalar os dedos porque, depois de muito tempo e muita força, perguntas "estás a tentar estalar os dedos dos pés, não estás?"
Obrigada por não me deixares comparar a ninguém, e por me tentares por na cabeça que mesmo que pudesse comparar eu acabava por ser a melhor para ti. Obrigada por depois me dizeres que sou perfeita assim e por me elogiares tantas vezes e dizeres que sou o teu orgulho. Por me tirares a paciência e depois me perguntares 327 vezes "estás farta de mim?". Por me abraçares inesperadamente. Por me pegares ao colo. Por saltares pra mim. Por me pedires tantas vezes para ficar contigo para sempre que me fizeste acreditar que realmente alguém me quer aturar até ao fim. Por teres tanta paciência comigo e me fazeres 2 pequenos-almoços na cama porque, se não acordei com o primeiro, com o segundo podes ter mais sorte. Por cozinhares para mim. Por fazeres sobremesas que façam a minha mãe querer que te mudes cá para casa. Por ires compreendendo o meu amor pelo ikea e por material escolar. Por lutares tanto pelos meus sonhos quanto eu.
Não me podia ter calhado melhor rifa que tu (também não estavas lá para dar azar), e espero ansiosamente por tudo o que vamos viver daqui para a frente e de tudo o que vou aprender contigo, porque desde que me mostraste o que é o amor e o mundo, eu só tenho que esperar por continuar a aprender. 
Ainda bem que nos completamos e que, de qualquer maneira, nos equilibramos, por me acalmares sempre que estou nervosa, por me mimares sempre que estou ansiosa e por simplesmente estares lá sempre que estou mal com alguma coisa, seja às 10h ou às 6h da manhã, mesmo que demore a perceber, acordas e ficas comigo. 
Se o para sempre realmente existir, para além de o descobrir contigo, vou querer que o vivamos juntos. 
Espero que te sintas apreciado, porque mesmo que por vezes me passe ao lado que nem sempre te dou a atenção que mereces, não há ninguém que a mereça mais que tu!

6 comentários

© Traffic in the Sky. Design by Fearne.