31 de agosto de 2015

INSTAGRAM • Agosto

Instagram: @danwuv

Em Agosto publiquei mais fotos do que costumo publicar nos outros meses, estas são uma selecção de todas. Este mês pareceu passar tão rápido que eu ainda nem percebi se me agrada que amanhã já seja Setembro ou não.

1. 11 meses
2. O Hugo a cozinhar
3. O mar na Foz
4. Cinema: Insidious 3 
5. O Hugo a dormir 
6. Eu a ser ignorada
7. Um dos preferidos de sempre
8. CaipiCompany
9. Ondular o cabelo 
10, 11, 12. E três fotos minhas deste mês

28 de agosto de 2015

Obrigada, (meu) amor

Fazes-me bem só de me tocar, só de olhar para mim, só de me beijares e abraçares. Fazes-me bem desde sempre, desde há um ano atrás ou mais mas há onze meses melhoraste tudo o que era possível. Fizeste com que me desse vontade de viver, só por ser tua e fazeres com que me orgulhe disso todos os dias. És o melhor e não sei viver de outra maneira, ou da maneira antiga desde que te tenho comigo. És o melhor e não sei o que é acordar e deitar horas depois sem ser feliz todas essas horas. És o melhor e não sei que faria se não tivesse. Não morria mas também não vivia. Tu ensinaste-me a aproveitar a vida. Mesmo que por vezes aproveitar a vida seja estar sentada no sofá ou deitada na cama a ver um filme e a falar sobre tudo o que há pra falar contigo, do teu lado. Mesmo que aproveitar a vida seja ficar a ver-te cozinhar ou a ver-te dormir. Mesmo que aproveitar a vida seja ficarmos por casa. Mesmo que aproveitar a vida seja andarmos de carro, a ouvir música que me faz olhar pela janela e de tão perfeito que sinto tudo, até imagino as paisagens e as pessoas como um videoclip dessa música. É parvo, eu sei, mas é sempre assim que me fazes sentir. Não parva, mas apaixonada. Porque eu sei que estou a aproveitar a vida da maneira que eu quero só pelo simples facto de te ter a meu lado e de estar a viver contigo. De estar a criar um novo capitulo há quase um ano e de estar a fazer desse o melhor capítulo do meu livro, que é a vida.
Por vezes tenho vontade de me abraçar a ti até te esmagar ou de te beijar até te tirar o ar porque são os momentos em que seu percebo o quão agradecida estou por te ter comigo, por te ouvir dizer que me amas e ai estou eu a aproveitar a vida outra vez.
Por isso obrigada por me fazeres aproveitar a vida tão bem. Por me fazeres ter a certeza absoluta que daqui a uns anos não vou achar que nada do que passei contigo foi uma perda de tempo, por seres diferente de toda a gente e por seres meu há onze meses e que sejas meu para sempre, para sempre e mais um dia.
Obrigada por me ensinares a amar, por seres o meu pensamento da palavra "amor", porque uns imaginam cores, outros cheiros, eu imagino-te a ti.
O amor ensinou-me muita coisa, o amor ou talvez tenhas sido tu. O amor ensinou-me a esperar, a controlar, a ouvir, a perceber, a ajudar, a crescer, a querer. O amor até me ensinou (ou obrigou) a saber o nome dos super-heróis da marvel, ou pelo menos os que fazem parte dos avengers. O amor ensinou-me a gostar desse tipo de filmes e de me enfiar duas horas no cinema para ver filmes que não eram o meu gênero, mas que agora são (por tua culpa). O amor ensinou-me a ter novos ideais, novos planos, e, simplesmente o amor deu-me futuro e um novo eu. O amor deu-me felicidade.

19 de agosto de 2015

Sobre a faculdade

Este ano decidi começar uma rubrica com conselhos para a faculdade, começando por aí, passando pela praxe, pelo material básico e pelos pedidos e perguntas que talvez me possam fazer.

Aos que vão começar agora a vida académica, desejo-vos sorte para o vosso novo desafio mas desejo-vos ainda mais sorte para encontrarem algum ano na vossa vida tão bom como estes vão ser. A faculdade requer muita paciência e determinação, vontade de ser alguém e muito estudo.
A faculdade muda-nos. Bastante. Vai mudar a maneira de pensar. Faz-nos perceber que já somos adultos, que tudo à nossa volta é novo, faz-nos sentir em casa assim que nos habituamos, faz-nos pensar “quem era eu antes disto?”. Os nossos pais já não vão querer meter-se tanto na nossa vida, porque desde o primeiro dia nos vêem mais crescidos, logo, os problemas não vão ser resolvidos com tanta ajuda como antes. Principalmente se formos para uma faculdade fora da nossa cidade, aí sim, a faculdade obriga-nos a crescer em dobro.
Mas nem tudo mete medo, para os que gostam de conhecer pessoas e sítios novos, a entrada no ensino superior dá-nos esse privilégio.

Quanto a conselhos, se tu vais entrar este ano na universidade…

© Traffic in the Sky. Design by Fearne.